Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural

O ENAC tem sido um instrumento importante para a promoção da pauta do direito das pessoas com deficiência no que diz respeito a cidadania cultural. Além de ser um espaço de difusão de experiências, aproximação e fortalecimento de políticas públicas, construção de parcerias institucionais, fomento de novas ações e projetos em acessibilidade cultural para pessoas com deficiência.

Em 2013, o I ENAC foi o evento de inauguração da primeira turma do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural. Na ocasião, realizou-se também o III Seminário Nacional de Acessibilidade em Ambientes Culturais – III SENAC promovido pelo Núcleo Pró-Cultura Acessível da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, com quem foi firmada uma parceria visando iniciar a construção de uma rede de formação em acessibilidade cultural no país.

Junto a esses eventos, ocorreu a I Conferência Livre de Acessibilidade Cultural que articulou delegados e apresentou 90 propostas para III Conferência Nacional de Cultura – III CNC, aprovando entre outras, a meta 3.18 como prioritária do eixo III. Em maio de 2014, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte –UFRN, através do Setor de Acessibilidade da Secretaria de Educação a Distância desta instituição, realizamos o II ENAC e o IV SENAC. A iniciativa fez parte da programação do TEIA da Diversidade – Encontro Nacional dos Pontos de Cultura.

No ano de 2015, o ENAC, em sua terceira edição, voltou a ser realizado na cidade do Rio de Janeiro no âmbito da segunda turma do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural da UFRJ. Potencializando a continuidade das ações em rede, socializando conhecimentos e experiências, mobilizando parceiros, articulando e pautando as políticas públicas culturais. O III ENAC teve programação ampliada, incluindo atividades do Grupo de Trabalho (GT) de Pontos de Cultura e Acessibilidade da Rede do Programa Cultura Viva e o Seminário Acessibilidade Cultural e Audiovisual, refletindo a crescente relevância do tema para esta que é uma das principais vertentes das Indústrias Culturais e Criativas, ICC. Também foi realizado o Encontro Acessibilidade, Terapia Ocupacional e Cultura, que discutiu o perfil do terapeuta ocupacional em relação à ações e iniciativas que mobilizam e favoreçam a promoção e a institucionalização da cidadania cultural. As três edições do ENAC registram um público de 430 participantes. Destaca-se a importância das parcerias que realizamos com a UFRGS e a UFRN, instituições aliadas para o projeto de formação interinstitucional.

Anúncios

4 comentários sobre “Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s